sexta-feira, 24 de junho de 2016

16 anos de FGM


Há exatos 16 anos, nascia nossa linda Guria! Não nasceu em berço de ouro e tampouco de uma relação, digamos.... tranquila, em nossa família. Em sua infância, viveu muitas idas e vindas, viu e ouviu muitas histórias, ora se submeteu as ordens de uns, ora de outros e por vezes quase fugiu de casa! Ufa, isso passou!

Muitas vezes os familiares, sempre eles, com as melhores intenções a conduziram contra sua vontade. Como muitas crianças, passou bom tempo isolada de colegas da mesma idade, restrita ao núcleo familiar, por precaução dos pais zelosos que sempre temem as más companhias. Por vezes, primos e primas com ela disputaram o protagonismo familiar, como se cada um na família não tivesse seu próprio espaço e sua própria luz. Alguns primos se afastaram, deixando saudades, outros recentemente se aproximaram, como ocorre em qualquer família.

Mas hoje, ao completar 16 anos, essa moça mostra ao que veio: apesar das intenções de todos (inclusive do que agora escreve e veste a carapuça!), mostra o vigor de sua juventude, mostra sua saudável rebeldia adolescente e deixa muito claro que não será conduzida por um, ou por outro. Ensina a nossa família, a importância da autonomia e da emancipação que ela vem conquistando. Circula entre seus pares, procurando se inteirar dos laços mais amplos, aprender com as diferenças e contribuir fortalecendo e ampliando este sentido de identidade e pertencimento de todos nós, que nos encontramos nas montanhas e paredões, não só do RS, mas do Brasil e mundo a fora. É engraçado como para os olhos de uma prima mais jovem e distante ao norte, ela parece mais velha, mais experiente e até umas farras já ensaiaram! E essa expansão de horizontes, própria dessa fase da vida, não deve ser confundida como perda de raízes! Pois uma coisa que nossa jovem sabe muito bem, é onde ela nasceu e que suas tradições não podem ser confundidas com amarras, muito pelo contrário.

É vida que segue, é mudança e permanência, são uns passando funções cumpridas e assumindo funções outrora conduzida por outros, e isso não só é lindo, mas inevitável.

É verdade, que não conquistou sua maturidade financeira, mas mostra, que como jovem saudável, esta virá do amadurecimento em curso. Da aceitação e da passagem de sua adolescência para a maturidade, sem nunca contudo, perder sua juventude! Viva nossa linda jovem, que desabrocha, de melenas ao vento, como cabe aqui no RS. Parabéns a Federação Gaúcha de Montanhismo!

2 comentários :

SAMARONI ZANOTTI disse...

Parabéns, e que sejam 16, 20 anos mais. Parabéns aos atuais Presidentes, por manter a ponta da corda.

SAMARONI ZANOTTI disse...

Parabéns, e que sejam 16, 20 anos mais. Parabéns aos atuais Presidentes, por manter a ponta da corda.