terça-feira, 5 de maio de 2009

Ações e aspirações da FGM 2008 e...

Realizações da FGM em 2008 e algumas aspirações

1- Organizou em conjunto com a ACM – Associação Caxiense de Montanhismo, o Campeonato Gaúcho de Escalada Esportiva 2008, sendo duas etapas na Modalidade Dificuldade (Academia Estica Vida) e uma etapa na Modalidade Boulder (Loja Samburá), ambas em Caxias do Sul.

2- Conquistou junto ao Conselho Consultivo dos Parques Nacionais Aparados da Serra e Serra Geral, vaga como Titular no conselho, participando no Comitê Setorial das Entidades recreativas sem fins lucrativos. Comitê no qual também estão a Acaserg (Associação dos Canionistas da Serra Geral) e a Abcanion (Associação Brasileira de Canionismo). O objetivo é facilitar o acesso dos montanhistas junto aos cânions, inclusive para a escalada. Para tanto é necessário alterar o plano de manejo do parque, que deve ser agora em 2009.

3- Participamos da CBME – Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada e sempre que possível participamos das reuniões convocadas e eventos, os dois últimos foram a Assembléia da CBME (www.cbme.org.br) em outubro de 2008, no Rio de Janeiro, e na última reunião em Curitiba, neste mês de janeiro de 2009. As informações são todas repassadas aos membros da FGM via grupo de discussão via internet. A CBME é filiada a UIAA – União Internacional de Associações de Alpinismo e ao IFSC – Federação Internacional de Escalada Esportiva. A FGM participa do grupo de discussão da CBME com 5 membros da diretoria, que repassam essas informações a suas filiadas. Atualmente temos direito a 4 votos, conforme nosso número de federados. Temos a proposta de que todos os membros das entidades pertencentes à FGM sejam federados e assim ampliar a participação da FGM junto a CBME.

4- A FGM possui um grupo de discussão (via email) de montanhistas do estado e interessados. Atualmente este grupo está com pouco mais de 80 membros. Temos projeto de ampliação para 200 membros ou mais, até o final de 2009, e a participação é gratuita.

5- A FGM possui um site na internet (www.fgm.org.br), atualmente carente de informações e um “up grade” é necessário. A proposta é melhorar a cara da FGM através do site e das informações contidas nele e facilitar a comunicação entre os montanhistas e a FGM.

6- A FGM pretende institucionalizar alguns eventos tradicionais no estado e criar um calendário de encontros regionais como: Encontro de Caçapava, Caldeirão do Behne, Ogro’s Festival, Encontro no Salto, AGMovie, Festivais de Conquista, e outros e contribuir na organização destes através da disseminação do conhecimento e instigar as entidades a aprimorarem seus eventos.

7- A FGM, através da Diretoria de Escalada Esportiva e Competições, deseja criar um quadro de juízes e procura disseminar estes conhecimentos através de oficinas programadas nas datas das competições estaduais, oficinas de route setter (regional), organização de eventos e padrão de exigências da FGM e staff mínimo para eventos e competências necessárias.

8- Estamos junto com a CBME no Projeto da Seletiva Juvenil Brasileira e ajudaremos, no que for possível, os atletas locais a atingirem seus objetivos.

A FGM tem uma diretoria que vive distante geograficamente: Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria. O maior contato é via email, às vezes com reuniões virtuais, outras participando fisicamente de eventos promovidos por algumas das entidades pertencentes à FGM, que são a AGM – Associação Gaúcha de Montanhismo, de Porto Alegre, a APECAM – Associação Porto Alegrense de Escalada, Canhonismo e Alta Montanha, A ACM- Associação Caxiense de Montanhismo, o GBS – Grupo Bandeirantes da Serra, de Santa Maria, e o CMELG – Clube de Montanhismo Ecológico Leão Gropo, de Bento Gonçalves.

Atualmente os membros mais ativos da entidade (FGM) são o Diretor Técnico e o Diretor de Escalada Esportiva e Competições, em função do Ranking e envolvimento com a CBME e outras federações estaduais, e também o Diretor de Meio Ambiente em conjunto com o Técnico, junto ao Conselho Consultivo dos Parques Nacionais Aparados da Serra e Serra Geral.

A maior demanda financeira da entidade tem sido a participação nas reuniões do referido conselho (as últimas foram em Jacinto Machado (SC) e Cambará do Sul (Sede do Itaimbezinho)) e da CBME (as últimas foram Rio de Janeiro e Curitiba). A FGM tem que ampliar suas receitas e destinar verba para cada área como: reuniões conselho dos parques, reuniões cbme, participação em eventos regionais e disseminação do conhecimento através de um encontro anual dos montanhistas, evento paralelo aos já existentes no estado. A FGM tem uma dívida junto à Receita Federal devido a não declaração dos anos de 2001, 2002 e 2003. Neste último ano pagamos a multa referente a não declaração no ano de 2000. Acredito que logo solucionaremos esta dívida com o governo. A FGM paga para a CBME uma anuidade de aproximadamente R$ 600,00. A FGM tem uma receita aproximada de R$900,00 por ano, oriunda de suas filiadas e federados ( R$100,00 de cada entidade com direito 5 membros e mais R$ 10,00 por federado) e das taxas recolhidas nas competições (R$ 5,00 por atleta). Precisamos de mais recursos, mais entidades e seus membros e mais participação da comunidade de montanhistas, tanto na organização como na participação nos eventos e competições. Há entidades que pertencem a FGM e seus diretores nem são federados, é quase uma vergonha você ter que trocar idéias com algum diretor ou presidente de entidade de montanhismo do RS e, no entanto esta pessoa nem é federada, será que os R$10,00 por ano está muito caro? Olha os gringos estão aqui na serra mas não é o que parece. É pouco o que está sendo feito e com os recursos que dispomos? Contribua, sua participação é importante, aguardamos sugestões.

Juliano Perozzo
Dir. Tec. FGM
Postar um comentário